13/08/2015 12h22

Tarcísio Pugliese prepara Ituano para confronto diante do Internacional

Equipes se encontram na próxima semana em duelo pelas oitavas da Copa do Brasil


Por: Tuddo Comunicação

O Ituano tentará na próxima semana dar mais um passo importante na sua história. Após desbancar Joinville/SC, Portuguesa e Goiás, o Galo de Itu medirá forças com o Internacional em duelo válido pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O jogo será na próxima quinta-feira (20 de agosto), no Beira Rio, em Porto Alegre, às 19 horas. Com pouco menos de uma semana para trabalhar a equipe que entrará em campo, o técnico Tarcísio Pugliese revelou que já começou a estudar o Inter para passar o máximo de informações para seus atletas.

“Tenho visto alguns jogos do Internacional. Estou estudando bastante o adversário que passa por período de transição, troca de treinador. Não sabemos se vamos jogar contra eles com o Odair no comando, então precisamos estar atentos nos próximos jogos. Eles jogam contra um bom adversário no final de semana e temos que observar essa partida. Depois desse jogo vamos ter uma tendência maior do que vamos encontrar. Acredito que é mais fácil pra gente obter informações deles do que eles da gente, então temos que usar isso a nosso favor”, disse.

O treinador falou ainda sobre a diferença das equipes em relação a parte financeira e destacou que a motivação pode fazer diferença quando a bola rolar.

“A realidade dos clubes são bem diferentes. Jogar contra uma equipe que tem uma realidade financeira diferente da nossa, não é fator motivacional. Mas jogar contra uma grande equipe que dentre outras coisas tem situações muito mais atraentes do que vivemos no dia a dia, isso sim motiva”.

“A Copa do Brasil é sem dúvida alguma um campeonato competitivo, de visibilidade. Está sendo positivo pra gente, não só esse próximo jogo, mas toda a competição. Conseguimos eliminar dois times de Série A do Brasileiro e mais a Portuguesa que é uma equipe de extrema tradição no futebol. Temos conseguido uma visibilidade boa e contra o Inter não será diferente, até pelo momento do campeonato”.

Porém, antes do jogo contra o Colorado, o Ituano entrará em campo no sábado (15), em duelo válido pela Copa Paulista. O confronto direto pela liderança do Grupo 03 será contra o Paulista.

“Devo manter o time no jogo de sábado, não penso em poupar ninguém. Inclusive vou aproveitar a partida para fazer algumas observações, mesmo porque não vamos mudar nossa forma de jogar. Vamos manter o mesmo modelo de jogo que venho usando desde o Campeonato Paulista. Independente do adversário e do mando temos que manter nossa forma de jogar”.

A partida de volta da Copa do Brasil está marcada para o dia 27 de agosto, no Novelli Junior, em Itu.

“Até agora tínhamos jogado primeiro em casa e decidimos fora e conseguimos nos classificar. Agora será ao contrario. É difícil analisar, mas acredito que isso não tem peso negativo nem positivo”, falou Tarcísio.

Da equipe que foi campeã Paulista no ano passado ainda fazem parte do elenco alguns poucos titulares. Nomes como Claudinho, Cristian e Dick são primordiais no crescimento do Ituano na competição, que aposta em mesclar a experiência com a juventude.

“A experiência de alguns atletas tem sido importante nessa caminhada na Copa do Brasil e na Copa Paulista também. Temos a experiência do Dick, Naylhor, Cristian e do próprio Fábio que mesclam com os atletas mais jovens. Assim, os mais novos se sentem mais a vontade para jogar também. São esses jogadores que tem assumido a responsabilidade e tem feito isso ser fundamental na conquista dos resultados”.

No comando do Ituano a pouco mais de um ano, ele assumiu a equipe no dia 22 de julho de 2014, Tarcísio acredita que esse bom momento de seus comandados se deve a sequência do trabalho. O treinador possui a frente da equipe 15 vitórias, 10 empates e apenas 8 derrotas.

“Acredito que a sequência do trabalho tem sido importante para conseguir resultados positivos. É a continuidade de um trabalho. Infelizmente no Brasil é exceção isso acontecer, mas o Ituano vem reagindo de forma diferente em relação a isso. O Juninho Paulista avalia muito o trabalho e não somente os resultados. Com o tempo a equipe vai evoluindo, os jogadores vão se conhecendo e vão entendendo o que eu quero que seja feito dentro de campo. A tendência é que a cada jogo a equipe se ajuste melhor”.

“É complicado falar que esse é o melhor momento da minha carreira. Estou muito feliz no Ituano. Tive oportunidade de sair daqui para disputar outras competições com mais visibilidade do que a Copa Paulista, mas pela estrutura e pela forma que as coisas caminham aqui optei por ficar. A Copa do Brasil tem gerado um fator motivacional muito grande, mas a minha carreira vem sendo muito boa. Só tenho que comemorar porque tenho traçado um caminho positivo”, finalizou.

O Ituano já definiu a programação de treinos da próxima semana. Na segunda-feira (17) a equipe trabalha no período da tarde. Na terça-feira (18) o time treina e na sequência viaja para Porto Alegre. O apronto final será quarta (19) já no Sul do país.